Cardiologia

O que é insuficiência cardíaca e como tratar

Conheça as causas, sintomas, diagnóstico e opções de tratamento para a insuficiência Cardíaca com o Dr. Raphael Luz, Médico Cardiologista da Clínica SiM!

O quadro de insuficiência cardia acontece quando o coração não consegue bombear sangue suficiente para atender as demandas do corpo. Costuma-se falar que é a via final comum de todas as doenças cardivasculares não tratadas.

Doenças como infarto, doenças de válvula, miocardite e outras tendem a evoluir para um quadro de insuficiência cardíaca, fazendo com que o coração não funcione.

Quais são as causas da insuficiência cardíaca?

Há varias causas que podem levar á insuficiência cardíaca. Confira abaixo algumas das principais doenças que podem estar relacionadas ao quadro:

  • Hipertenção arterial;
  • Doença arterial coronariana;
  • Infarto prévio;
  • Doença nas válvulas do coração;
  • Doença de chagas;
  • Diabetes;
  • Alterações genéticas.

Quais são os sintomas de insuficência cardíaca?

Nas fases iniciais, pode não haver nenhum sintoma, porém, em decorrência da dificuldade do coração de bombear sangue, pode acontecer o acúmulo de líquido em partes do corpo como pulmão, penas, abdômem. Isso pode levar ao inchaço das pernas, do abdômem e a falta de ar, tanto em repouso, fazendo esforço ou ao deitar.

Como é feito o diagnóstico de insuficiência cardíaca?

É necessário uma avaliação médica com o cardiologista, onde será avaliado os hábitos de vida, histórico pessoal e familiar de saúde. Essa informações serão necessárias paraidentificar os sinais da possível causa de insuficiência cardíaca. Pode ser necessário a realização de exame físico minuscioso que irá ajudar na identificar dos sinais da doença. Na consulta, podem ser solicitado outros exames como:

Como é feito o tratamento de insuficiência cardíaca?

O tratamento geralmente requer o uso de medicações que vão ajudar no controle dos sintomas, porém o fator que mais ajuda no tratamento é a adoção de hábitos saudáveis de vida. Deixar de fumar, redução de peso, redução da ingestão de sal e alimentos com muito sódio são fundamentais para diminuir a sobrecarga sobre o coração, fazendo com que ele funcione melhor, garantindo assim a melhoria do quadro.

Em alguns casos, é necessário procedimento e intevenções cirúrgicas para que haja a melhor dos sintomas e evitar a evolução da doença.