6 cuidados com as doenças nas crianças durante a volta às aulas

doenças nas crianças
Para muitas mães, o fim da licença maternidade significa também colocar seus bebês na escolinha ou na creche para voltar ao trabalho. É um ambiente novo para o pequeno, com muitas outras crianças e também vírus, bactérias e outros micro-organismos que o bebê ainda não teve contato.Para as crianças maiores, e que já iniciaram a vida escolar, o retorno às aulas é um momento de reencontro que também pede alguns cuidados com doenças infantis típicas dos ambientes escolares.Entre as mais comuns estão aquelas que atacam o sistema respiratório, como gripes, rinites e alergias, e as do trato gastrointestinal, como as diarreias.O ambiente escolar é muito importante para o desenvolvimento do sistema imunológico das crianças. Algumas viroses serão inevitáveis, mas alguns cuidados vão ajudar a preservar a saúde do seu filho nessa fase.Veja algumas dicas para evitar doenças nas crianças na volta às aulas.

Mantenha a vacinação em dia

A melhor forma de proteger seu filho contra doenças mais graves é manter a caderneta de vacinação atualizada.Para os bebês que terão seu primeiro contato com o ambiente escolar, ter as vacinas em dia é ainda mais importante. Isso porque o sistema imunológico deles ainda é imaturo e seu bebê só começa a produzir anticorpos por volta dos oito ou nove meses.As vacinas dos primeiros seis meses já vão começar a prepará-lo para esse convívio coletivo. Somente por volta dos 10 anos é que a criança terá as defesas que um adulto tem.

Fique atenta à hidratação da criança

É muito importante ficar atenta à hidratação da criança, especialmente nos dias mais quentes. Ofereça água, sucos e outros líquidos com frequência.Quando a criança está bem hidratada as mucosas do nariz, boca e garganta ficam úmidas e reduzem os riscos de alergias e doenças respiratórias — que são mais comuns com o tempo seco.

Observe se a escola é limpa e arejada

Verifique se a escola do seu filho é limpa e bem arejada. Se houver ar condicionado, é importante saber com que frequência é feita a limpeza do aparelho. Ambientes fechados e com muitas pessoas, como as salas de aula, facilitam a proliferação de vírus e bactérias.Por isso, é necessário ter uma ventilação adequada para reduzir os riscos de propagação de doenças respiratórias, como as gripes.Parquinhos e pátios devem ser bem limpos, sem folhas ou objetos que possam acumular água e favorecer a proliferação de mosquitos e pernilongos como o Aedes aegypti que causa a dengue, zika e chikungunya, muito comuns no verão.

Ensine a criança a lavar as mãos com frequência

As mãos podem carregar muita sujeira e micro-organismos invisíveis a olho nu. Por isso, é importante ensinar as crianças a lavarem as mãos com frequência, especialmente no ambiente escolar, onde elas compartilham com facilidade brinquedos e alimentos.Manter as mãos limpas reduz os riscos de contrair vírus e bactérias que atacam o sistema gastrointestinal e que causam diarreias.

Não leve a criança à escola se ela estiver doente

Mesmo que seu filho tenha apenas um resfriado, evite mandá-lo para a escola. As doenças respiratórias e viroses são muito contagiosas e podem passar facilmente para as demais crianças — seja por meio do espirro, tosse ou toque das mãos. O cuidado não é apenas com os colegas, mas também com o seu filho.Quando ele está doente, a defesa está mais fraca, deixando-o, portanto, mais vulnerável e propenso a pegar doenças mais graves.

Fortaleça a imunidade da criança

Além das vacinas, a forma mais eficaz de fortalecer a imunidade do seu filho é manter uma dieta saudável e equilibrada, com alimentos ricos em vitaminas e minerais. Além das refeições caseiras, fique atenta à qualidade nutricional do lanche que você envia para a escola.Dê preferência a alimentos frescos, como frutas e sucos naturais, e evite bolos e biscoitos industrializados.Deixar a criança brincar na areia, na terra, na água e ter contato com a natureza também é importante para fortalecer seu sistema imunológico.Agora que você já sabe como evitar as doenças nas crianças na volta às aulas, leia também nosso post com 8 dicas de alimentação e exercícios de acordo com a fase gestacional!
Gostou? Compartilhe!

> Artigos relacionados

virose

Virose e gripe: como identificar e tratar

cuidados com a visão

6 dicas de cuidados com a visão durante o verão

Deixe seu comentário