Odontologia

Como é feito o tratamento de canal no dente?

dentista-conversando-com-mulher-preocupada-durante-exame-dentario

Ir ao dentista, muitas vezes, é motivo de medo e receio de sentir dor, ainda mais quando é necessário realizar tratamento de canal no dente, não é? No entanto, essa é a melhor forma de resgatar seu dente natural e cessar o desconforto que uma cárie causa. 

Quando faltamos com a higiene bucal, o corpo avisa que algo está errado. E quando um dente está inflamado, você sentirá sintomas como dor no local, na face, na cabeça, inchaço e sensação de que a boca está latejando. 

Isso tudo é causado por uma fratura ou uma cárie não tratada que adentrou mais no canal do dente. Por isso, a importância da limpeza e do cuidado diário com o seu sorriso, além do tratamento de canal para tornar sua boca saudável  novamente. 

Quer saber mais sobre como funciona esse tipo de tratamento de canal no dente? Continue a leitura e aproveite!

O que é tratamento de canal no dente?

Antes de falar sobre o tratamento em si, precisamos falar sobre a polpa: a parte interna do dente. Essa polpa é feita de um tecido mole, onde ficam os nervos e vasos sanguíneos. Sua extensão é do interior até a raiz do dente, que é parte da inervação da mandíbula.

Quando essa polpa é danificada, morta ou infectada, ela deve ser retirada para não gerar problemas maiores na boca inteira.

Se tempos atrás se realizava a retirada do dente por inteiro, hoje temos mais sorte com o tratamento de canal de dente, que consegue retirar apenas a polpa para poder desinfetar o local e preenchê-lo novamente. Assim, o exterior do dente é preservado e volta a ser saudável. 

Isso tudo parece dolorido, mas o processo inteiro é feito com anestesia. Portanto, não é motivo de medo, e sim de alívio, por poder manter seus dentes saudáveis sem prejudicar o sorriso. 

Você deve estar se perguntando: como essa polpa pode ser danificada? E os motivos podem ser cárie não tratada e profunda, um dente quebrado ou lesionado de forma física. 

Como funciona o tratamento do canal do dente?

Primeiro, ao sentir os sintomas citados aqui: dor, inchaço na face e latejamento do local, é preciso consultar um dentista ou endodontista. Só ele saberá indicar o melhor especialista para lidar com seu caso, assim como o tratamento indicado. 

Após ter decidido pelo profissional e pelo tratamento de canal no dente, será necessário realizar um exame de raio-x, a fim do dentista poder visualizar o formato dos canais radiculares. Nesse momento ele analisa se há infecção, para ter certeza do processo que será feito.

Retirada da polpa

Na hora do tratamento, é aplicado anestesia no local para que você possa relaxar e não sentir nenhum tipo de dor. O nervo em si não irá doer, pois está morto, mas para que o paciente fique mais à vontade, a anestesia é feita mesmo assim. 

Após isso, começa a retirada da polpa, onde também são retiradas as bactérias, o tecido morto e o restante desse núcleo. Uma limpeza é feita para desinfetar o espaço que irá receber o preenchimento mais tarde. 

Selagem do dente

Após a limpeza completa do dente, é hora de preencher e selar. No entanto, esse é um processo que pode ser diferente dependendo da preferência do dentista. Alguns preferem esperar uma semana para selar, no caso de haver infecção. Até o momento da selagem, o buraco será preenchido com remédio. 

Se o seu dentista decidir fazer tudo no mesmo dia, o dente é selado após a limpeza. O conteúdo que vai dentro do canal é uma mistura de pasta seladora com um composto. 

Após isso, dependendo do estado do dente, o profissional pode ainda fazer mais alguns processos para finalizar a restauração da melhor forma. O uso de uma coroa em volta do dente pode ser necessária, a fim de que tudo fique no lugar certo.

Recuperação

Como o tratamento de canal do dente é algo invasivo, o paciente pode sentir sensibilidade no dente em questão. Quando há infecção e dor, essa sensibilidade pode ser ainda mais forte e incomodativa. O dentista irá receitar remédios analgésicos para controlar a dor. 

Neste processo de conclusão do procedimento, é aconselhável não mastigar com a região que foi tratada, para que nada saia do lugar ou que uma infecção surja novamente. Isso também ajuda a evitar que o dente quebre.

Quando fazer o tratamento de canal no dente?

Como vimos acima, o tratamento de canal no dente é indicado quando a polpa do dente morre ou é inflamada. Essa situação é causada por uma cárie profunda ou uma lesão física. Quando não tratada, essa infecção acontece na polpa e pode se estender ao osso do dente, afetando o maxilar. Isso porque a polpa não consegue se recuperar sozinha.

Fique atento à sua higiene bucal e a tudo que ver e sentir, porque às vezes, a cárie pode estar no lado interno do dente, sem aparecer. Nesse caso, é importante fazer visitas recorrentes ao dentista para um check up e análise de sintomas, caso tenha. 

Se o médico identificar a necessidade de tratamento de canal, o processo deve ser feito logo, a fim de evitar danos maiores.

Encontre o médico ideal para o seu tratamento de canal no dente

Agora que você entendeu o que é o tratamento de canal no dente, como funciona e quando deve ser feito, já sabe como se prevenir caso aconteça com você! Se identificado antes, todo o processo será tranquilo, contribuindo para a saúde da boca e para uma vida sem dores. 
Ficou interessado no procedimento e quer consultar um dentista? Clique aqui e marque agora mesmo na Clínica SiM. Temos uma série de especialistas prontos para ajudar você.