Aparelho ortodôntico: tipos e vantagens

tipos de aparelho
A preocupação com a estética e melhor qualidade de vida vem crescendo muito e com isso surgem  tecnologias e avanços na saúde. Assim, um exemplo muito recorrente nessa área é a diversidade de tipos do aparelho ortodôntico que é possível encontrar no mercado.Diferentemente do que muitas pessoas podem pensar, os aparelhos passaram por inúmeras transformações e desenvolvimentos nos últimos anos, sendo capazes de garantir o conforto e a facilidade do paciente durante o tratamento.Além disso, essa diversidade de opções e melhorias que os consultórios dentários proporcionaram faz com que o paciente se sinta muito mais seguro para iniciar um processo de correção dos seus dentes.Se você busca começar um tratamento e quer saber  os tipos de aparelhos disponíveis no mercado, continue lendo o artigo.

A função dos aparelhos ortodônticos disponíveis no mercado

Antigamente, os modelos de aparelho ortodôntico não eram os mais variados e muitos deles faziam com que as pessoas não recorressem ao tratamento, pois a aparência da pessoa ficava comprometida e causavam dores e desconforto com o uso.Contudo, com o passar dos anos e a grande procura pelo melhoramento estético do sorriso, a área dentária também de modificou e trouxe para o mercado uma gama muito grande de aparelhos e opções para seus pacientes.O paciente deve estar ciente de que dependendo do seu problema dentário, o dentista irá indicar a melhor opção para corrigir seus dentes. Possivelmente, ele irá apresentar quais são os benefícios que determinado tipo de aparelho irá lhe proporcionar.Dessa forma, confira a seguir quais são os tipos disponíveis para o tratamento ortodôntico e qual a função que cada um dele exercer na correção dos seus dentes:

Aparelhos Fixos

São os mais utilizados, em que os bráquetes são as pequenas peças responsáveis pela correção da posição e alinhamento dos dentes. Muito conhecidos pelas borrachinhas coloridas que já foram muito sucesso anos atrás.Principais vantagens: alinhamento eficiente dos dentes; alta aderência dos bráquetes na superfície dos dentes e; possibilidade de colocar as borrachinhas coloridas.

Aparelho Fixo Auto-Ligável

Considerados como os mais modernos e dispensam o uso das borrachas, já que seu sistema de movimentação dos dentes ocorre através da ativação do fio pelo calor da boca. Esse tipo necessita de poucas visitas para manutenções no dentista.Principais vantagens: esse tipo dispensa o uso das borrachinhas e amarrilhos; termo ativo; menor necessidade de manutenção; tempo de permanência reduzido; mais estético e higiênico e; é mais confortável para o paciente.

Aparelho Fixo Estético

Para quem opta ser mais discreto, esse tipo de aparelho é ideal, pois é feito com material transparente que fica próximo a cor do dente do paciente. Normalmente, esse tipo é a escolha das pessoas adultas.Principais vantagens: aparelho com estrutura transparente; desenvolve a mesma função dos aparelhos metálicos; altamente resistentes; não amarela com o tempo e; é totalmente discreto durante o tratamento.

Aparelho Fixo Lingual

Esse tipo é preso na parte de trás dos dentes, de modo que o aparelho fica invisível, se tornando um dos modelos mais estéticos no momento.Principais vantagens: solução mais estética atualmente; invisível; apresenta o mesmo tempo de tratamento que o convencional; aparelho feito sob medida para o paciente, sem restrições de uso pela idade e; de fácil adaptação.

Aparelho Herbst

Esse modelo é indicado para pessoas que tenham más oclusões de tipo classe II, sendo atualmente um dos mais eficientes para esse tipo de problema.Principais vantagens: deixa a mandíbula protraída; período de tratamento inferior aos demais aparelhos e; é um método mais independente do paciente.

Aparelho Ortodôntico Removível

esse aparelho tem como função promover pequenas movimentações dos dentes, expandindo o arco e diminuindo espaços dentários, por exemplo.Principais vantagens: evita com que os dentes voltem a ficar desalinhados, de forma que toda a estrutura bucal se reorganize e o processo de limpeza se torna mais fácil.

Aparelho Alinhador

Nesse modelo o aparelho não é colocado nos dentes, na verdade, ele consiste em um alinhador que é feito por computação tridimensional e sendo também removível.Principais vantagens: é invisível; confortável para o paciente; possibilita com que seja removido a qualquer momento; dispensa o uso de fios e metais; garante a saúde da gengiva e; é produzido por medida. 

Aparelho de Contenção

Quando o tratamento ortodôntico chega ao fim, os dentistas recomendam o uso do aparelho de contenção, que é removível e permite que o dente chegue a sua estabilidade.Principais vantagens: promove a estabilidade dos dentes após o tratamento ortodôntico, evitando que os dentes voltem a se movimentar; são removíveis e; de fácil higienização.

Aparelho Ortopédico Removível

Esse tipo é indicado para o tratamento ortodôntico quando o paciente apresenta desarmonia esquelética, de forma que favorece o desenvolvimento ósseo da região.

Mini-implantes

Atualmente, são vistos como uma opção moderna nos tratamentos ortodônticos, em que mini-implantes de titânio são usados para a correção e movimentação dos dentes.Portanto, os tipos de aparelhos são diversos e cada um tem funções diferentes durante o tratamento ou oferece diferenciais.Dessa forma, o essencial é que o paciente consulte um profissional especializado na área e que este lhe ofereça as opções de aparelho ortodôntico que sejam condizentes com a realidade da pessoa, visando tanto à resolução do seu problema, como também de acordo com a sua condição financeira.

Como escolher um profissional especializado em aparelhos ortodônticos

Apesar de muitas pessoas recorrem ao tratamento dos dentes devido ao apelo estético que é muito frequente nos dias de hoje, a grande maioria tem medo e dúvidas na hora de escolher um profissional que trabalha com aparelho ortodôntico.Como estamos falando da saúde dos nossos dentes e de nossa autoestima, essa pesquisa por dentistas deve cuidadosa.Por isso, é importante estar ciente de algumas dicas na hora de escolher esse profissional, para que assim você não tenha problemas durante o tratamento. Confira a seguir algumas dessas orientações:
  • Primeiramente, o paciente deve verificar se o dentista é registrado no Conselho Regional de Odontologia (CRO). Através dessa pesquisa, você irá garantir que o profissional apresenta uma especialização na área em que atua.
  • É  importante que o dentista esteja disponível sempre que você precisar tirar alguma dúvida em relação ao seu tratamento. É fundamental que o profissional seja paciente e esteja disposto a explicar todo o processo para seus clientes.
  • Em relação ao tempo de tratamento,  o dentista deve ser claro e direto na determinação da duração do tratamento.
  • Confirme se o dentista será o único profissional que irá atendê-lo ou se você será assessorado por uma equipe. Ter essa informação é essencial para saber se o acompanhamento clínico será eficiente.
  • O paciente deve ter consciência que um tratamento ortodôntico é um investimento em longo prazo. Por isso, é ideal que logo no início o dentista repasse todos os valores e despesas que serão necessárias.
  • Informe-se também sobre a pontualidade do atendimento. Existem muitas clínicas odontológicas sobrecarregadas e com muitos pacientes. Por isso, confirme antes sobre a qualidade do atendimento.
Através dessas dicas e orientações, você terá todo o suporte para escolher da melhor maneira o seu dentista e também conhecer mais sobre os tipos de aparelho ortodôntico disponíveis no mercado, quais as vantagens de cada um deles e qual será o que mais se adéqua a sua realidade.

Confira mais dicas em nosso vídeo com a Dentista Dra. Karine Tomaz!

Gostou? Compartilhe!

> Artigos relacionados

odontologia. dentista examinando retração na gengiva.

Retração da gengiva: o que é e como prevenir

odontologia. dentista. raspagem. ultrassom. gengivite.

Ultrassom e raspagem: Entenda quais são os tratamentos para a gengivite

Deixe seu comentário