Aprenda a ter um sono proveitoso e não acordar com a sensação de cansaço

sensação de cansaço
Os efeitos de uma boa noite de sono vão muito além do simples descanso para o corpo e a mente. Isso fica ainda mais claro quando passamos por uma noite de insônia, um mal que afeta a todos em algum momento da vida, e pode trazer consequências desagradáveis no dia seguinte.Em longo prazo, a privação de sono pode afetar a concentração, a capacidade de memorização, a produtividade no trabalho ou nos estudos, aumentar a irritabilidade e o estresse e prejudicar o organismo.Porém, quando as necessidades de sono do corpo são respeitadas, o dia se torna mais produtivo e os níveis de energia e disposição se mantêm em alta por muito mais tempo.Mas como garantir uma noite de sono proveitosa, que seja realmente revigorante, sem interrupções ou dificuldade para adormecer? Existem alguns hábitos e estratégias que podem ajudar a te “jogar nos braços de Morfeu”. Confira:

Estipule um horário para ir para a cama

O primeiro passo para ter um sono proveitoso é manter a regularidade na hora de dormir e acordar — e isso vale para finais de semana, feriados e férias também.Estipular a hora certa para se deitar e se desligar dos estímulos eletrônicos, do trabalho e das preocupações do dia a dia pode ser difícil para algumas pessoas, mas é essencial para criar uma rotina de sono eficaz. Da mesma forma, acordar sempre no mesmo horário educa o corpo e facilita o adormecer.

Prepare o ambiente para um sono proveitoso

Um colchão inadequado, excesso de luz no ambiente e até mesmo frio ou calor são fatores que prejudicam a qualidade do sono e aumentam a chance de insônia.Mas é simples evitar esse problema: basta preparar o quarto para que o ambiente seja relaxante e convidativo ao sono. Dê prioridade ao conforto e silêncio, evite iluminação direta e adeque a temperatura (com cobertores, ventilador ou ar condicionado).

Deixe os eletrônicos de lado na hora de dormir

Você costuma levar o celular, smartphone ou tablet para a cama? Pois saiba que aquela olhadinha inocente nas redes sociais pode ser o motivo de uma noite mal dormida e de insônia.A luminosidade emitida por esses aparelhos eletrônicos, assim como toda exposição à luz artificial durante a noite, podem alterar o funcionamento do relógio biológico, prejudicando o sono. Por isso, especialistas indicam desligar todos os eletrônicos, inclusive a televisão e o computador, pelo menos uma hora antes de ir para a cama.

Fique atento à sua alimentação

A alimentação no período noturno, especialmente nas horas que antecedem o sono, deve ser leve e de fácil digestão: cereais integrais, proteínas magras em pequenas quantidades e, principalmente, vegetais e hortaliças evitam a sensação de peso no estômago e favorecem o sono.Álcool e bebidas com cafeína, como chás e refrigerantes, devem ser evitados, e a quantidade de líquidos deve ser controlada. Um chá de ervas (camomila ou erva-doce, por exemplo) ou um copo de leite com mel antes de dormir podem controlar a fome e ajudar a ter um sono proveitoso.

Crie um ritual para a hora de dormir

O ritual do sono é uma estratégia bastante utilizada com crianças, mas pode trazer benefícios para os adultos também. Basta criar uma rotina de atividades nas horas que antecedem o sono, e segui-la todos os dias.Por exemplo, você pode optar por um jantar leve, uma atividade tranquila, como ler um livro ou ouvir música, um banho relaxante e, em seguida, se deitar. O hábito pode contribuir para um sono produtivo e garantir mais disposição e energia no dia seguinte.Algumas fases da vida também podem afetar a qualidade do sono e dificultar uma noite tranquila. Na terceira idade, por exemplo, a necessidade de sono diminui, e é comum passar a noite contando carneirinhos.A gravidez também é um acontecimento que influencia na hora de dormir, especialmente nos últimos meses. Por isso, para ter um sono proveitoso, é importante conhecer as 6 melhores posições para dormir na gravidez. Bons sonhos!
Gostou? Compartilhe!

> Artigos relacionados

mente saudavel e produtividade

Mente saudável x Produtividade: qual a relação entre elas?

prevenção coronavírus. clínica popular. mulher espirrando.

Como evitar o novo coronavírus no trabalho

Deixe seu comentário