9 perguntas que você deve fazer ao seu ginecologista

Ginecologista
Ao se consultar com o ginecologista pela primeira vez é comum não saber quais perguntas que você deve fazer, seja por desconhecimento ou por timidez.Estes dois sentimentos, aliás, tornam a visita a este profissional pouco proveitosa, pois muitas dúvidas importantes e que poderiam ser sanadas ficam na mente feminina.Para solucionar este problema, elaboramos um texto com as 9 principais perguntas que uma mulher deve fazer durante uma consulta ao ginecologista, independente de sua faixa etária.

Pergunta 1: Como funciona o meu corpo?

Tirar todas as dúvidas sobre o funcionamento de seu corpo, incluindo questões sobre sexualidade e menstruação estão entre as perguntas que toda mulher deve fazer ao entrar no consultório do ginecologista.

Pergunta 2: Como tomar adequadamente o anticoncepcional?

Entender o funcionamento do anticoncepcional recomendado por seu médico, quando o medicamento deve ser ingerido ou aplicado, conhecer seus riscos e suas vantagens é outra das perguntas que precisam ser feitas ao ginecologista.Se adaptar ao uso de um remédio é mais comum do que se pensa, e se isto ocorrer é importante conversar com seu médico e pedir alternativas, para prevenir a gravidez de forma eficaz.

Pergunta 3: Para que servem os exames?

Sair do consultório com uma lista de exames a fazer e não saber para o que servem estes testes recomendados pelo ginecologista é uma dúvida que nenhuma mulher deve ter após uma consulta.Por isso, ao receber a recomendação para que faça um exame, pergunte ao médico porque deve fazer este exame, como ele deve ser feito, e quais cuidados tomar antes e depois do procedimento.

Pergunta 4: O que são DSTs?

Embora possa parecer inusitado, algumas mulheres ainda tem muitas dúvidas quando se trata de doenças sexualmente transmissíveis. Para se prevenir adequadamente destas enfermidades, pergunte tudo o que esteja relacionado a elas.Desde possíveis formas de contágio a modos de prevenção, passando ainda por sintomas mais comuns, tudo deve ser perguntado durante a consulta. Ter dúvidas em relação a isto pode representar um grave risco para sua saúde.

Pergunta 5: Como funciona minha saúde?

O ginecologista é um profissional capacitado para esclarecer eventuais questões sobre o funcionamento da saúde feminina.Por isso, caso tenha alguma dúvida sobre problemas surgidos em outras áreas de seu corpo, não hesite em fazer estas perguntas a seu médico. Caso não seja sua especialidade, ele pode encaminhá-la para outro especialista.

Pergunta 6: Como avaliar minha vida sexual?

Muitas mulheres têm inúmeras dúvidas sobre sua vida sexual, e quem melhor que o ginecologista para responder tais questionamentos? Por isso, durante uma consulta a este especialista, pergunte tudo o que gostaria de saber a seu ginecologista.O profissional não irá compartilhar nenhuma de suas dúvidas com amigos ou parentes que possam estar na sala de espera, e conhecer melhor seu corpo pode ajudar a viver sua vida sexual com mais plenitude.

Pergunta 7: Meu histórico de doenças

Mesmo que algumas mulheres acreditem que o ginecologista trata apenas de enfermidades ligadas ao aparelho reprodutivo, conhecer seu histórico de saúde é importante para que o médico faça uma avaliação mais completa.Por isso, durante a consulta, pergunte sobre doenças que já teve, remédios que tenha tomado, e como estes fatores podem impactar em sua vida futura.

Pergunta 8: Como verificar se minha menstruação está normal?

A menstruação é, de longe, um dos temas que mais desperta perguntas durante a ida ao ginecologista, mesmo ocorrendo mensalmente por boa parte da vida feminina.Se você ainda tem alguma dúvida sobre o tema, não pense duas vezes e esclareça tudo sobre isso. Fale sobre a duração de seu ciclo, volume de fluxo, cólicas e outras coisas que possam influenciar ou lhe deixem preocupada.

Pergunta 9: Como alguns hábitos podem prejudicar minha saúde?

Algumas mulheres podem se sentir mais à vontade para fazer perguntas relativas a outras áreas de sua saúde do que a outro médico, como o surgimento de manchas, dores ou outros fatores que possam comprometer sua qualidade de vida.Mesmo que você acredite que o ginecologista não quer ouvir este tipo de pergunta, fale. Conhecer um pouco mais sobre seus hábitos de alimentação, se tem ou não o hábito de se exercitar ou se fuma pode ajuda-lo a montar um tratamento mais adequado.Fazer perguntas durante a ida ao ginecologista pode ser difícil para algumas mulheres, porém com as dicas que trouxemos aqui esta experiência se tornará mais simples.
Gostou? Compartilhe!

> Artigos relacionados

exames periódicos mulher

7 exames periódicos que toda mulher precisa fazer

mastologia: punção de cisto mamario

Punção de cisto mamário: Quando é necessária?

Deixe seu comentário