Menopausa: quando e como acontece

A menopausa marca o fim do período reprodutivo de uma mulher, muito conhecido pelas ondas de calor, um dos principais sinais de que essa nova fase chegou. Mas esse não é o único sintoma, existem uma série de outros que podem diminuir a qualidade de vida do indivíduo.

Ainda há casos em que a menopausa chega um pouco antes da hora, sendo um verdadeiro choque, afinal, a mulher deve se adaptar a essa nova realidade. Mas que nova realidade é essa?

Bem, para saber mais sobre a menopausa, continue lendo esse texto. Adentraremos mais no assunto e tiraremos essas e outras dúvidas.

Sintomas da menopausa

A menopausa chega para as mulheres entre 45 e 55 anos de idade, nesse período, a menstruação já se apresenta irregular. Engana-se quem pensa que esse quadro é só para o público feminino, o masculino também tem a sua versão e se chama Andropausa, mas não será assunto desse texto.

O diagnóstico leva em consideração todos os sintomas e também o fato de falta da menstruação por pelo menos 12 meses consecutivos. Quantos aos sintomas, os mais observados são:

  • Ausência de menstruação;
  • Ondas de calor repentinas;
  • Suores noturnos;
  • Cansaço;
  • Irritabilidade e outras alterações de humos;
  • Dificuldade em dormir;
  • Noites mal dormidas;
  • Secura vaginal;
  • Queda de cabelos; e
  • Diminuição da libido.

Esses sintomas fecham o quadro clínico da menopausa. Claro, para algumas mulheres é muito mais difícil que para outras, algumas apresentam somente alguns desses sintomas enquanto outras apresentam o quadro completo.

O período pré-menopausa chama-se climatério, começa próximo aos 40 anos, durando de 6 a 8 anos. Neste período não há sintomas, quando esses aparecem chama-se perimenopausa e é quando os sintomas estão mais presentes na vida da mulher.

Na pós-menopausa, 1 ano após a última menstruação a mulher é comum experienciar a atrofia vaginal e dores durante as relações sexuais.

Esse é um processo perfeitamente normal e acontece quando os ovários passam a produzir menos estrogênio e progesterona.

Menopausa precoce

Na menopausa precoce acontece a diminuição brusca dos hormônios que regulam a menstruação. Isso faz com que todos os sintomas citados acima sejam experienciados de forma intensa.

Nesses casos, o diagnóstico ocorre pela dosagem dos citados hormônios e então é identificada a causa para essa situação. Essa pode ser uma ou várias das seguintes:

  • Alterações genéticas (verificado também no histórico);
  • Doenças autoimunes;
  • Deficiências enzimáticas;
  • Exposição a radiações ionizantes;
  • Quimioterapia;
  • Infecções como caxumba, shigella e malária.

Para a menopausa pela idade (senescência) e também para a precoce o tratamento é realizado através da reposição hormonal. Assim, é possível evitar os sintomas descritos acima e também algumas das principais complicações dessa condição: osteoporose e doenças cardíacas.

Também é indicado hábitos de vida saudáveis como uma alimentação equilibrada e atividade física regular.

Acredita que está começando a sentir os sintomas da menopausa? Procure um ginecologista para fazer um acompanhamento do seu caso e também encontrar o melhor tratamento.

Para isso, você poderá contar com o Clinica sim para encontrar bons profissionais para cuidar de sua saúde.

Gostou? Compartilhe!

Deixe seu comentário